Você está em:

Criação de casa de apoio a dependentes químicos é debatida na Câmara de Ouro Preto

E-mail Imprimir PDF

 

Durante a reunião ordinária da Câmara Municipal de Ouro Preto dessa quinta-feira (3), representantes do projeto “Deus cuida de nós”, Hugo Cruz e Cacá Pimenta, utilizaram a Tribuna Livre para apresentar aos vereadores a proposta de implementar uma casa de apoio a dependentes químicos em Ouro Preto.

O tema já havia sido discutido na reunião anterior, do dia 1º de agosto, com a indicação nº 267/2017, de autoria do vereador Juliano Ferreira (PMDB), que sugere ao Executivo para que o prédio onde funcionava a Escola Municipal José Sales de Andrade, situada na localidade de Boa Vista (distrito de Santa Rita de Ouro Preto), seja cedido por meio de comodato para abrigar uma casa de recuperação.

“Infelizmente, a comunidade ouro-pretana tem enfrentado um problema brutal, que é o uso indiscriminado de drogas. A casa de recuperação seria um instrumento para que nós possamos diminuir esse problema. Vamos sugerir que sejam implementadas outras atividades de prevenção que ajudarão essas pessoas. Assim, a prefeitura está analisando o problema, averiguando todas as secretarias que competem ajudar”, apontou o vereador Juliano.

Hugo Cruz explicou que o “Deus cuida de nós” é um projeto voluntário. “Eu acho válido essa oportunidade de falar para toda a sociedade sobre algo tão impactante em nosso meio, que é o uso de drogas. Estamos aqui com um braço estendido, para que juntos possamos trabalhar nessa causa, pois precisamos somar forças. Tudo com o objetivo de resgatar a dignidade dessas pessoas e reinseri-las na sociedade”.

O vereador Paquinha (PMN) ressaltou que “Ouro Preto necessita de uma casa de recuperação. É uma oportunidade única a instalação dessa casa nesse local, visto que a escola está desativada e seria preciso apenas uma reforma. Dessa forma, sugerimos a realização de uma audiência com a comunidade explicando a proposta, para que a gente consiga essa assistência para os dependentes químicos”.

Segundo Juliano Ferreira, a proposta do grupo é que a iniciativa seja autossustentável e até mesmo a reforma do imóvel seria realizada por seus integrantes. O projeto “Deus cuida de nós”, com sede no Novo Retiro (Esmeraldas-MG), é um programa que atende dependentes químicos e tem como objetivo inserir essas pessoas novamente na sociedade. Atualmente, cerca de 30 ouro-pretanos são atendidos no local.

Os edis apoiaram a iniciativa e destacaram que o município também precisa de iniciativas de conscientização e prevenção ao uso de drogas, além da criação de projetos sociais para os jovens.